CARDÁPIO para DIETA CETOGÊNICA

Pra você entender se a dieta cetogênica
é uma boa opção pra você emagrecer, e como se faz a dieta cetogênica,
qual é o mecanismo milagroso que faz com que você emagreça
mesmo comendo gordura, você precisa ver tudinho
que eu vou falar agora. Basicamente a dieta cetogênica se baseia
no consumo exagerado, ou maior, de produtos gordos, de alimentos
com muita gordura e muito pouco carboidrato, e muito pouca proteína.
Essa é a base da dieta cetogênica. Então imagina, um cardápio
cetogenético de 1 dia seria isso: 1 copo de chá-verde para começar o dia, sabe?
2 ovos fritos, 1 fatia de queijo coalho, e 1 café com óleo de côco.
Ou, então: omelete feito com 2 ovos, com legumes e
1 copinho de suco verde Em alternativa, 1 copo de abacate batido
com iogurte natural e chia também é super legal.
No lanche da manhã, por exemplo: 10 castanhas de caju, ou, então:
Metade de um abacate com um pouquinho de cacau em pó por cima,
super gostoso e cetogênico. 10 morangos;
2 colheres de sopa de creme de leite, por exemplo.
Uma bananinha mais pro verde; 2 fatias de mamão com 1 colher de
pasta de amendoim, também dá pra ser. Ao almoço e jantar ótimas alternativas poderiam ser:
1 bife de picanha, por exemplo, ou cupim. Uma salada verde regada com azeite
e com os abacates picadinhos por cima, delicioso, e super cetogênico.
Outra alternativa pode ser: um franguinho com creme de leite e castanhas de caju;
e uma saladinha de legumes acompanhada, sabe? Um azeite de linhaça por cima,
também dá um toque de variedade e continua sendo cetogênico,
super rico em gordura. Por exemplo, uma postinha de salmão ou, então, de bacalhau,
que são peixes mais gordos, sabe? Com uns legumes e azeite,
e um molho 4 queijos. Uma alternativa de lanche da tarde
que pode ser bem legal, é uma vitamina de abacate com leite de coco,
ou leite de amêndoas, sabe? Com 1 colherzinha de farinha de linhaça; ou então:
2 ovinhos na manteiga com 1 fatia de queijo, ou mesmo com cogumelos, sabe? E
1 copinho de chá-verde a acompanhar. Um café com creme de leite ou manteiga
também continua sendo cetogênico, sabe? Pra você beber durante o dia, se você
estiver com vontade de uma coisinha que com alguma energia. Atenção que:
para emagrecer, é tudo sempre uma questão de números. Entendeu?
Então não é se entupir de gordura, ou seja, se você estiver comendo 5.000 calorias
em gordura, não dá muito pra secar, né? Assim. Mas você precisa entender
qual é a quantidade de gordura da sua dieta pra ter as calorias
que você precisa consumir pra que o seu corpo consiga consumir a gordura
que está depositada no seu “corpitcho”, também, entendeu? E pra você
fazer uma dieta cetogênica de verdade, você não pode substituir a água por
bebidas, mesmo que diga no rótulo “não contém açúcar adicionados” ou,
“refrigerante sem açúcar”. Isso não entra na dieta cetogênica, tá bom?
Se você quer emagrecer com a dieta cetogênica, vai fazer ela direitinho. E se você gosta
desse tipo de informação: dá um like! Não esquece de se inscrever no canal
porque a gente fala de várias coisas e você pode receber notificações
bem legais no futuro, também. Mas a dieta cetogênica não é pra todo
mundo. Ela foi feita, originalmente elaborada, pra diminuir a quantidade de crises
epilépticas em crianças em desenvolvimento. Entendeu? E funciona muito bem.
Agora, pra você, se você quer só emagrecer, né?
E ter os benefícios da dieta cetogênica você pode fazer, por exemplo:
dieta low-carb que é uma adaptação. É mais amena, dá pra fazer.
Dá pra você diminuir a quantidade de gordurinha da pancinha
e você consome corpos cetônicos, você promove a cetose. Ou então a dieta do
Dr. Atkins, sabe? Também é bem alternativa, né? Tem uma quantidade maior de gordura,
mas não é tão drástica, dramática, como a dieta cetogênica clássica, entende?
Essa dieta é super restritiva, e ela pode ser muito indicada pra pessoas que precisam
perder muito peso num espaço muito pequeno de tempo, sabe?
A dieta cetogênica clássica utiliza muita gordura e nenhum carboidrato,
ou muito pouco carboidrato. Pra alterar o metabolismo
do organismo Porque, naturalmente, o açúcar, o
carboidrato da alimentação é aquilo que faz com que as células
se alimentem e recebam energia. Quando você não come nenhum carboidrato,
o seu corpo, as células, sentem ou imaginam que está tudo em jejum.
E numa situação de jejum, o mecanismo de adaptação é utilizar a gordura como fonte de energia.
Então como a gordura, quando ela é capturada, ela é dividida em partes menores
que são os corpos cetônicos, entendeu? Então esses corpos cetônicos
são usados como fonte de energia, e, daí o nome: dieta cetogênica,
que produz corpos cetônicos. Essa dieta emagrece porque
ajuda você reduzir o apetite aumentar a saciedade porque os corpos cetônicos
regulam a grelina e a leptina que são hormônios responsáveis pela fome e
saciedade. Te ajuda a usar mais o seu depósito de gordura
como fonte de energia, sabe? E super legal porque
não produz insulina, sabe? Então como não produzem insulina,
você controla o índice glicêmico e pros pré-diabéticos de plantão
é um benefício muito grandão. Além de, quando você comer uma proteína,
você tem um gasto energético na digestão muito maior. Então aumenta
o consumo de calorias do seu corpo, também. Mas, atenção: quem não tem vesícula
pode não ser uma boa ideia fazer uma dieta riquíssima em gordura, né? Tem outras.
Apesar do consumo muito maior de gordura, essa dieta, comprovadamente,
não aumenta o colesterol. Entendeu? Pode não ser indicada para quem já
tem o colesterol nas estrelas, mas não aumenta o colesterol.
Isso é comprovadíssimo, pelas pessoas que já fizeram a dieta e que fazem o exame
de sangue para comprovar o antes e depois. Além de te ajudar a emagrecer, a dieta cetogênica,
ainda: diminui a pressão arterial, melhora a resistência à insulina e ajuda,
inclusive, a melhorar a performance de atletas de corridas, sabe exercícios aeróbicos?
Super legal! Os pacientes que se submetem à dieta
cetogênica não podem comer frutas, e nem legumes ricos em amido, tipo:
pão, arroz, grãos. Agora, alimentos ricos em fibras, vegetais ricos em fibras, como,
por exemplo: aspargos ou a couve-manteiga, estão assim, meio que: liberados, né?
Lembra, é sempre um jogo de números. Se você quer manter a cetose, você não
pode aumentar muito a quantidade de carboidratos que você ingere, né? Por ser uma dieta
completamente desequilibrada nutricionalmente, os pacientes que se
submetem a fazer esse tipo de dieta devem tomar suplementação diariamente de
vitaminas, minerais e cálcio. Não é alternativa. A dieta cetogênica não é
aconselhada a pessoas com mais de 65 anos. Ela não é aconselhada a pessoas que tenham
problemas renais, hepáticos ou mesmo que já sofreram um AVC ou tenham
problemas cardiovasculares. Além disso, pessoas em tratamento
com cortisona também não devem fazer a dieta cetogênica. É uma dieta muito
interessante, mas que não é pra todo mundo, e deve ser feita com acompanhamento médico
ou de um nutricionista, mesmo. Enxaqueca, depressão, alzheimer,
epilepsia, parkinson, crises epiléticas, a dieta cetogênica tem um monte de aplicações,
principalmente para situações dessas. Então, se você está afim de emagrecer só,
eu acho que você podia procurar, por exemplo: Num vídeo muito legal de low carb,
como você fazer uma dieta menos dramática,
mas ainda assim, criando corpos cetônicos pra ir buscar na sua gordurinha a fonte
de energia, e ainda assim emagrecendo. Sem precisar se atirar da ponte, né?
Tipo, sofrer demais. Meu conselho, só.

Poderá ver o vídeo no youtube Aqui